DESPERTANDO JOVENS CIDADÃOS

Quantos adolescentes têm contato com repórteres trabalhando?

Pouquíssimos. Essa é a resposta mais usual porquê, dentre outras inúmeras profissões qualificadas, as atividades desses profissionais também ocorrem num contexto distante da realidade dos jovens, principalmente os das pequenas cidades.

A partir desta sexta-feira Mateus Etelvino (15), Daniel Eduardo Pavani (14), Marcos Felipe Rocha dos Santos (14), podem transmitir aos colegas de classe da 8ª Série “C” da Escola Estadual Dr. Osmar, Francisco da Conceição em Macatuba (SP), a experiência da participação numa entrevista realizada pela Jornalista Luana Almeida e registrada pelo repórter fotográfico Ricardo Yamada, do jornal “BOM DIA BAURU” (www.bomdiabauru.com.br).

Como matéria para o caderno especial comemorativo dos 108 anos do município de Macatuba – aniversariante do próximo dia 13 – o jornal entrevistou várias personalidades da comunidade. Um dos entrevistados foi o Presidente da Patriotismo, advogado Luiz Eduardo Franco. Foi dele o convite para que os jovens acompanhassem o trabalho da imprensa.

Nem o chamado da professora Carolina Macedo Ramos (Carol) tirou a atenção dos jovens nos detalhes da entrevista. Inteirada do que ocorria, a professora aprovou a iniciativa e propôs que em sala de aula fosse transmitida aos colegas aquela experiência. Carol, titular da área de educação artística, surpreendeu-se ao ouvir os planos de Daniel Eduardo: escrever sobre esse acontecimento e inteirar-se da carreira jornalística.

O entrevistado aproveitou para transmitir aos jovens a observação de que “historicamente, oportunidades, grandes acontecimentos, conquistas pessoais ou coletivas, normalmente são consequências de pequenos gestos”. Explicou ainda que, sob sua ótica, ao aceitarem o convite e desafios propostos naquele momento - quando outros colegas divertiam-se no intervalo das aulas - participando com incomum atenção aos detalhes do trabalho jornalístico, os três jovens estavam vivenciando, na prática, aquilo que é o diferencial entre o corriqueiro e um momento especial em suas vidas“. Gestos simples é que fazem a diferença”, complementou a reporter, revelando a todos o ineditismo da participação da equipe em ações educativas em tempo real, como ocorria naquele momento.

Não basta sonhar um bom futuro profissional. A capacidade de enxergar as dificuldades que surgirão e serão enfrentadas para realizar esse sonho, a obstinação em superá-las e a perseverança de quem tem um objetivo profissional, é o caminho mais curto e certo para realizá-lo", foi a mensagem deixada pela Patriotismo aos personagens dessa história e aos seus amigos.

Patriotismo - EE Dr Osmar - 6/6/2008

Nome
Email
Fundo de Tela:
Escolha sua configuração e baixe o seu:
Desenvolvimento: Aion Informática