Semana da Pátria é aberta com hasteamento

Exército, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e escolas estaduais e municipais se reuniram ontem, na Praça Rui Barbosa para a abertura da Semana da Pátria. Na ocasião, alunos do Colégio Paraíso apresentaram uma encenação sobre a Proclamação da Independência, feita às margens do rio Ipiranga, por Dom Pedro I, em 1822. A banda da escola também se apresentou. O evento foi organizado pela Secretaria Municipal de Esportes e Lazer (Semel).

A solenidade de abertura teve a participação da 6a Circunscrição do Serviço Militar (CSM) de Bauru. Os soldados cantaram o Hino à Independência, com a banda da Polícia Militar. Para o comandante da 6a CSM, coronel Vladimir Vieira, a participação das escolas na Semana da Pátria tem um significado importantíssimo. “Este não é um ato militar, fardado, mas um ato de todos os brasileiros. É importante que as crianças aprendam a respeitar e ter orgulho de nosso País e isso deve ser ensinado a elas, por seus pais, pela escola, pela igreja”, salientou.

De acordo com o coronel, falta o ensino dessa parte da história para que as crianças assimilem a importância da data. Segundo ele, as escolas poderiam intensificar um pouco mais o ensino do civismo, realizando programações onde constem o hasteamento da bandeira, o Hino à Bandeira, as datas que são importantes para o povo brasileiro e porque elas existem.

A secretária municipal de Educação, Ana Maria Daibem, também destacou a importância em se comemorar a Semana da Pátria. Segundo ela, é importante não reduzir a Semana da Pátria apenas ao desfile de 7 de setembro. “Como o próprio nome já diz, a Semana da Pátria compreende, pelo menos, além dessa semana toda, os 365 dias do ano, porque como cidadãos nós temos um compromisso com nosso País, com a nossa sociedade, com a nossa população em todos os nossos dias”, frisou.

No entanto, ela ressaltou que historicamente e didaticamente há esse período de comemorações, quando se tem a oportunidade de fazer a revisão histórica e a formação da consciência política dos alunos. “Estamos aqui hoje e durante a semana, em todas as escolas, haverá comemorações. Eu penso que faz parte do processo educacional comemorarmos essa data e deixar claro para as crianças todo o dado histórico e a importância que isso tem para o nosso País”, disse.

A Semana da Pátria se encerra com o desfile cívico-militar que será realizado no Sambódromo, no domingo, a partir das 8h45, quando desfilarão instituições, entre representantes de escolas, entidades, projetos assistenciais e outros. No sábado, às 20h, haverá um culto cívico na 1a Igreja Batista de Bauru.

Matéria do Jornalista Marcelo de Souza, publicada pelo Jornal da Cidade na edição de 2-9-2008.

Marcelo de Souza - Jornal da Cidade (Bauru ) - 9/2/2008

Nome
Email
Fundo de Tela:
Escolha sua configuração e baixe o seu:
Desenvolvimento: Aion Informática