Momento do hasteamento e canto do hino

Visitante indaga detalhes sobre o momento e forma para o início e subida da Bandeira Nacional, quando hasteada com a execução musical ou só canto Hino Nacional.

==============================

Em resposta às suas questões, nos cumpre esclarecer que:

1) A Lei 5.700/71 (que dispõe sobre a forma e a apresentação dos Símbolos Nacionais) não detalha sobre o exato momento para se dar início ao hasteamento da Bandeira Nacional e a execução do Hino Nacional. O mais comum e recomendado, é que o início do hasteamento coincida com o início da execução do hino. A “introdução” faz parte do Hino Nacional. Portanto, a pessoa que estiver encarregada do hasteamento deverá dosar a velocidade para adequá-la ao tempo necessário à execução completa do Hino Nacional, de tal forma que nos acordes finais a Bandeira Nacional esteja imobilizada no alto do mastro, dando um tempinho para que as demais Bandeiras (Estado, Municipio, etc) cheguem no topo quando ainda executados os últimos acordes do Hino Nacional.

2) Para solenidades em que não há execução instrumental do Hino Nacional, mas somente o “canto” pelos presentes, a regra mais comum deve ser a mesma, ou seja, no início da execução do canto inicia-se o hasteamento, cujo final deve coincidir com o término do canto. Legalmente não há a faculdade de execução de apenas uma estrofe durante a execução do Hino Nacional. Muito pelo contrário, o inciso IV do artigo 24 da Lei 5.700 exige, nos casos de execução vocal, sejam cantadas “as duas partes do poema”. A lei é rigorosa quanto a isso. Consulte esse ordenamento no sítio da Patriotismo, em SIMBOLOS NACIONAIS.

3) A única exceção da Lei para a execução parcial do Hino Nacional, com “apenas a introdução e os acordes finais”, é a do inciso V do artigo 24 e está vinculada a regulamentação específica dos respectivos regimentos militares.

4) Outras dúvidas práticas podem ser esclarecidas no atalho DEPOIMENTOS no mesmo endereço eletrônico.

Esperamos que essas informações auxilie nos esclarecimentos procurados, lembrando, sempre, que cada tipo de cerimonial adota um procedimento específico mas, o ponto em comum, em todos eles, é o bom senso. Afinal, nesses casos estaremos diante de questões voltadas aos Simbolos Nacionais.
Atenciosamente,
www.patriotismo.org.br

============= MENSAGEM RESPONDIDA ===============
Mensagem do site Patriotismo.org.br
-------------------------------------------
Contato
-------------------------------------------
Data : 2/9/2008 11:13:33
-------------------------------------------
Nome : Josias
Email : j-@dpf.gov.br
Cidade : Brasília
Mensagem: Gostaria de sanar algumas dúvidas quanto ao cerimonial de hasteamento da Bandeira Nacional:
1) O hasteamento dá-se ao início da "introdução" do Hino Nacional ou somente ao término da introdução e início do "canto"?
2) O Hino Nacional pode ser cantado enquanto durante o hasteamento? Se sim, canta-se as duas estrofes e "atrasa" a subida do Bandeira Nacional, tentando coincidir o término do Hino com a chegada do pavilhão ao topo do mastro?
Muito obrigado pelas informações e esclarecimentos.

Josias - Distrito Federal - FALE CONOSCO - 9/2/2008

Nome
Email
Fundo de Tela:
Escolha sua configuração e baixe o seu:
Desenvolvimento: Aion Informática