Cerimonial de Incineração 2008

O ofício 803/2008-CFTP, de 27 de agosto último, assinado pelo Capitão de Corveta Roque Roberto de Lima do Espírito Santo oficializou a participação da Marinha do Brasil no comando do Cerimonial Peculiar de Incineração de Bandeiras Inservíveis no próximo dia 19 de novembro (Dia da Bandeira).

"Incumbiu-me o Capitão dos Portos, em atendimento ao Ofício nº 0432008 desta Organização, de participar a Vossa Senhoria que esta Capitania se fará presente a fim de presidir o Cerimonial de incineração à Bandeira Nacional, de acordo com o Cerimonial da Marinha encaminhado em anexo. Gratos pela atenção, reiteramos os votos de elevada estima e distinta consideração, é o texto do ofício recebido (imagem fac-símile ao lado).

O Exército Brasileiro, que comandou o cerimonial em 2008 também participará do cerimonial. Os organizadores agendaram uma reunião junto ao Comando da Força Aérea Brasileira em Pirassununga (SP), para formalizar os convites de participação neste ato e preparação para o cerimonial de 2009.

Pela Lei 5.700/71 (vide atalho ao lado, SIMBOLOS NACIONAIS), é das Forças Armadas a atribuição de comandar o cerimonial de incineração de bandeiras inservíveis a cada 19 de novembro (Dia da BAndeira), que deve acontecer exatamente às 12h00m (art. 32).

Outras forças, entidades, associações e a comunidade local e regional estão sendo convidadas para essa festa cívica que acontecerá na Praça Santo Antonio (centro).

O início está previsto para 10h30m, com apresentações de danças regionais e outras atividades. O Cerimonial propriamente dito, com o comando da Marinha do Brasil, acontecerá a partir das 11h45m, de tal forma a possibilitar o rigoroso cumprimento do horário previsto na Lei 5.700/71.

A organização pretende repetir o sucesso de público do cerimonial ocorrido ano p. passado (2007). Desde o último dia 11 de agosto os organizadores estão cuidando dos detalhes e preparativos do cerimonial 2008.

"A presença de representações das Forças Armadas nesse evento é muito importante, não só como incentivo aos jovens para as carreiras militares, mas também porque na cidade a história registra a vocação cívica da nossa população, implementada recentemente pelo início das atividades da organização Patriotismo, que coordena um movimento civil de busca do reconhecimento público da cidade como “Capital Nacional do Patriotismo”. A preservação do patrimônio histórico, homenagens aos nossos heróis e realização de festas cívicas alavancam outro setor importantíssimo para a cidade, que é o turismo cívico que está em fase inicial de implantação em 10 municípios da região, por meio do projeto regional “Circuíto Turístico Caminhos do Centro-Oeste Paulista”, coordenado pelo CODER (Conselho de Desenvolvimento Econômico Regional) e implantado pelo Sebrae-Bauru" destaca Luiz Eduardo Franco, presidente da organização Patriotismo.

Patriotismo - Marinha - Exército - Aeronáutica - 9/16/2008

Nome
Email
Fundo de Tela:
Escolha sua configuração e baixe o seu:
Desenvolvimento: Aion Informática