IMPÁVIDA CLAVA FORTE



Roberto Pompeu de Toledo, articulista da Revista VEJA, aproveitou a repercussão do vídeo que circula na rede mundial de computadores, mostrando a cantora Vanusa na vã tentativa de interpretar o Hino Nacional numa cerimônia da Assembléia Legislativa do Estado de São Paulo e produziu um texto que nos remete à reflexão sobre a importância da letra do Hino Nacional.

O texto, publicado na edição nº. 2131 daquela revista (ano 42, nº. 38), trouxe o título “Impávida clava forte

Nele o articulista observa que “A cantora Vanusa virou motivo de risos”, e lança um desafio: “Atire a primeira pedra quem nunca confundiu a parte do ´Ouviram do Ipiranga` com a do ´Deitado eternamente` ”.

A matéria publicada pela revista na página 150 daquela edição (foto acima), pode ser consultada diretamente no sitio da revista: VEJA – clique aqui

Gottschalk

O pianista Louis Moreau Gottschalk nasceu em New Orleans no dia 8 de maio de 1829 e morreu no Rio de Janeiro no dia 18 de dezembro de 1869. É a ele que o articulista faz referência, particularizando a obra “Grande fantasia Triunfal sobre o Hino Nacional Brasileiro” como uma variante bela da composição que conhecemos.

Confira a execução dessa obra em matéria postada no YouTube:


VOLTAR ao topo

Roberto Pompeu de Toledo - Revista VEJA - 9/23/2009

Nome
Email
Fundo de Tela:
Escolha sua configuração e baixe o seu:
Desenvolvimento: Aion Informática